Como surgiu Café com Leite Crente?

Café com Leite Crente surgiu dos sonhos de Adriana Chalela (A Razão da Esperança), Regina Farias (Bora Ler) e João Carlos (Pastor João e a Igreja Invisível). Três amigos virtuais e irmãos em Cristo, separados por milhares de quilômetros mas que compartilham da mesma visão do Reino de Deus, Reino este que começa aqui na Terra e continuará por toda a Eternidade. Devido às nossas afinidades, decidimos unir nossos esforços para mostrar que é possível sermos 100% cristãos, mas com os pés 100% no chão, vivendo uma espiritualidade madura e responsável sem perder o amor pela vida que fomos graciosamente presenteados por nosso amoroso Pai.

Só que a família cresceu! Pelo Caminho conhecemos mais três irmãos maravilhosos, com a mesma visão do Reino: René Burkhardt (Nem de Paulo nem de Apolo: de Cristo!), Cláudio Nunes Horácio (Susto de Amor) e o "atrasildo" do Wendel Bernardes (Cinema Com Graça), que agora fazem parte desta gangue...


sexta-feira, 30 de julho de 2010

Castelos de Areia...


Sempre irrequieto, na busca constante por significado existencial, assim sou eu. Clamo por momentos sem questionamentos e dúvidas, mas caminho por desertos de serpentes abrasadoras, sol escaldante e noites geladas.

Meu espírito vagueia em busca de locais de descanso, mas este oásis está sempre além da próxima duna de areia, que insiste em se desfazer, deixando-me desorientado e confuso. Não busco mais o paraíso humano divulgado pela mídia. Abdico de meus sonhos faraônicos. Não vou agir como os príncipes megalomaníacos de Dubai, que investem fortunas incalculáveis para construir suas ilhas artificiais nos mares, enquanto multidões mendigam um prato de comida.

Uma onda basta para colocar tudo por terra. Um sopro basta para acabar com toda a arrogância. E algo me diz que isso irá acontecer. Não tentarei mais construir um palácio. Não ambicionarei um trono. Não sonharei com o impossível. Contentar-me-ei com o que tenho. Quero mais do Reino de Deus e sua Justiça. Esta é minha sede. Isso é a minha busca.

Este mundo não mais me satisfaz, sua riqueza não mais me seduz, seu apelo não mais me emociona. Vejo que não faz sentido gastar minhas energias atrás daquilo que é corruptível. Preciso de muito pouco para ser feliz. Leio e releio as Escrituras e vejo que realmente este mundo é de aflições. Entendo que este vazio não é gerado pela ausência de Deus, e sim o fato de'u estar cheio dEle, o que me faz sentir um estranho no ninho.

Não ambiciono perpetuar meu nome nos anais da história humana. Para mim basta saber que meu nome está escrito no Livro da Vida. Estou no mundo, mas não sou do mundo. Em concordância com a oração sacerdotal de Jesus, peço a Deus que não me tire do mundo, mas que me livre do mal.

Escrevi faz tempo aqui...

13 comentários:

  1. "Quero mais do Reino de Deus e sua Justiça"

    por conta disto podemos ser felizes, muito felizes, acho que já está de bom tamanho.

    abraços

    ResponderExcluir
  2. Onde é que assina essa corrente? :)

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Sempre irrequieto, na busca constante por significado existencial, assim sou eu. Clamo por momentos sem questionamentos e dúvidas, mas caminho por desertos de serpentes abrasadoras, sol escaldante e noites geladas.

    Acho que estamos passando pelo mesmo deserto, rsr
    Entretanto, ele não se compara a Paz que é ter o Filho de Deus conosco, nos fortalecendo a cada manhã.

    Deus abençoe.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Jota, rpz...

    Se formos comparar essa imagem com a da postagem anterior, bora combinar que ambas são igualmente sinistras, não?

    Euzinha e as minhas elucubrações rss (ah, falar nisso, eu que sou uma neurótica com grafia correta passei séculos amém achando que elucubração se escrevia elocubração com "o" rsss, ah mas fala sério, a segunda é mais bonitinha, vai :)

    Mas aí vc me pergunta o que raios tem a ver castelo de areia, cidade caindo no abismo, fim de mundinhos e elucubrações?

    Vai ver que tem tudo a ver... affff

    Dri, mulé, é pq o que a gente recebe de corrente em pleno século vinte e um, é brincadeira. Mas essa eu não só assino em cima, embaixo e de lado, como a sigo. Principalmente.

    Até porque, parafraseando o líder espiritual JC, "um sopro basta para acabar com toda a minha arrogância". E eu sou doida mas tenho juízo he he.

    bjusss

    R.

    ResponderExcluir
  6. Alessandra, obrigado por comentar!

    Para muita gente, expor este tipo de questinamento e dúvida é sinal de fraqueza, de falta de fé, sei lá...

    Para mim não. Para mim, nada mais é do que poder mostrar aos outros que todos passam pelas mesmas rotas, sentindo os mesmos medos, mas sempre tendo como guia nosso Senhor.

    Ele mesmo diz no slma 23 que atravessaria o vale da sombra da morte ao nosso lado!

    Sei lá, é isso 9ainda tô com um pouco de sono..rsrs)

    ResponderExcluir
  7. Rê, é verdade...

    O castelinho na mão dá até vertigem...

    ResponderExcluir
  8. Dri, entrei na sua corrente (a da semana passada) e assisti O Livro de Eli...

    Cara, em que planeta eu estava de ainda não ter assistido este filmaço?????

    Lindo demais, deixou eu e minha mulher em estado de "choque gospel"... rsrs

    ResponderExcluir
  9. Jota,

    Deixa euzinha também agradecer a participação da Alessandra. :)

    Até porque ela descreve exatamente como a gente caminha mesmo.

    Alê,

    É a mais pura verdade...

    Essas serpentes, esse sol e essas noites fazem parte e só não nos abatem porque temos em Quem nos segurar.

    Valeu pelas sábias palavras!

    bj

    R.

    ResponderExcluir
  10. Jota,

    É dessa vertigem que o CF fala com muita propriedade em um antigo texto seu.

    É nessa vertigem que nós não admitimos que andamos, aí saimos inventando moda rss agarrando-nos em corrimão, como bem finalizou o pastor ontem em sábia pregação, deixando a pergunta no ar: em que tipo de corrimão vc tem se agarrado pra não cair?

    Vou procurar depois o texto de CF e colocar aqui o link, tá?

    bj

    R.

    ResponderExcluir
  11. Achei!

    Enjoy :)


    http://www.caiofabio.net/2009/conteudo.asp?codigo=00457

    ResponderExcluir
  12. Olá, queridos. Estou retribuindo a visita. Obrigado.

    ResponderExcluir