Como surgiu Café com Leite Crente?

Café com Leite Crente surgiu dos sonhos de Adriana Chalela (A Razão da Esperança), Regina Farias (Bora Ler) e João Carlos (Pastor João e a Igreja Invisível). Três amigos virtuais e irmãos em Cristo, separados por milhares de quilômetros mas que compartilham da mesma visão do Reino de Deus, Reino este que começa aqui na Terra e continuará por toda a Eternidade. Devido às nossas afinidades, decidimos unir nossos esforços para mostrar que é possível sermos 100% cristãos, mas com os pés 100% no chão, vivendo uma espiritualidade madura e responsável sem perder o amor pela vida que fomos graciosamente presenteados por nosso amoroso Pai.

Só que a família cresceu! Pelo Caminho conhecemos mais três irmãos maravilhosos, com a mesma visão do Reino: René Burkhardt (Nem de Paulo nem de Apolo: de Cristo!), Cláudio Nunes Horácio (Susto de Amor) e o "atrasildo" do Wendel Bernardes (Cinema Com Graça), que agora fazem parte desta gangue...


quinta-feira, 7 de abril de 2011

Senta aí, toma um café...



Faz tempo que devo umas considerações acerca da criação deste blog. E até que rascunhei algumas palavras logo que este entrou`no ar´, porém deixei no fundo da gaveta e o tempo foi passando. Muito rápido por sinal, pois parece que foi ontem rss  Foi então que, dias atrás, quando surgiram novos pensadores no pedaço, resolvi tirar da gaveta, reler e fazer alguns ajustes...

Tudo começou com uma afinidade que surgiu casualmente no meio virtual. E, nesse acaso que é de Deus, fomos trocando figurinhas despretensiosamente. O João, com a sua persistência bem característica dos apaixonados que vão fundo em tudo que fazem, lançou a ideia; euzinha, meio distraída, parecia puxar o freio de mão, mas é claro que não jogava água no fogo santo rss. Estava apenas um tanto desatenta, só pra variar um pouco; namorava a novidade, fugindo do compromisso. Afinal, no meu blog eu mandava e desmandava, escrevia quando queria, fechava a bodega e voltava quando quisesse. A Dri, por sua vez, demonstrou nas entrelinhas ser super atarefada e não poder se fazer presente a contento. Parecia que não daria certo...

Quando menos esperei, ainda que aceitando ( se bem que sem cair a ficha ) lá estava o blog com meu nome entre os integrantes. Confesso que me senti meio responsabilizada, afinal não é uma brincadeirinha de quem está à  cata de seguidores, é assunto de gente grande. Então respirei fundo e pude relaxar quando me veio à mente a ideia de fazer postagens mais voltadas para o humor e a saúde de modo geral, numa abordagem leve e descontraída. Meio receosa em relação à aceitação dos demais, comecei a postar sempre pensando em unir o útil ao agradável. Afinal, humor e saúde em todos os aspectos é tudo de bom, principalmente quando a proposta é simples e natural.

Na verdade, sempre que surge uma ideia nova, a tendência é dar um passo para trás, como a se proteger, principalmente quando são várias cabeças pensantes. É quando, paralelo a isso, a ousadia fala mais alto acreditando em sintonia ainda que tão verdinha e principiante; sem falar que a dobradinha insistência/persistência foi fundamental, senão este blog não teria iniciado seu engatinhar com maestria. Estou falando de características bem pessoais do nosso amigo J.C. Indo um pouco mais além, precisamos admitir - e enfatizar - o mais legal de tudo: sua aposta, inicialmente, na sintonia entre três pessoas de lugares e hábitos completamente diferentes; e, uma segunda posterior- e não menos acertada - em mais três integrantes de peso. Não foi à toa a alusão ao verso do autor de Eclesiastes...

Bem, mas eu queria falar também sobre o título, que a princípio não me agradou e eles nem sonham. Sabe, é que eu não gosto desse termo `crente´. Aliás, detesto! E não apenas pelo sentido pejorativo e banalização do seu uso, mas principalmente por uma aversão que tenho a essa coisa da titularização. Aí... pra não bancar a inflexível, fui aceitando numa boa e, mesmo sem morrer de amores por esse termo, tenho aprendido a conviver com esse lance de ser crente. Afinal, intransigência não é bem a minha cara...

Outra coisa: não gosto de café com leite quente. Título quase “homônimo” e não por acidente, ou seja, bem proposital. Eu a-do-ro mesmo é café fresquinho feito na hora, só que pingado com leite gelado para `dar o grau´. Taí... É onde euzinha não sou nem quente nem fria. E não que seja morna, alto lá!  É que em relação a café com leite, rola essa coisa do moderado que nada tem a ver comigo e minhas pulsões. Sim, porque não sou exatamente uma moderada. Sou mais para impulsiva devido ao meu temperamento `sanguíneo´, caloroso, animado, alto astral (Eufemismos para temperamental, abafa!).

Mas nada como o tempo... Ah, o tempo! Pois, com o tempo - e as porradas da existência - vamos deixando um pouco de lado os sentimentos mais acalorados e permitindo que os pensamentos mais reflexivos formem decisões sem, contudo, abandonar a essência. Isto é, sem permitir que o meu temperamento `civilizado´ se sobreponha à minha espontaneidade.

Enfim, já que estamos falando de mim, a parte boa (eu acho) do meu tipo de temperamento é que amo demais tudo que amo e, embora deteste com a mesma intensidade, não sou de guardar ressentimentos. Tenho uma enorme facilidade para esquecer as coisas mais desagradáveis. É como se Deus tivesse me privilegiado com uma lobotomia natural e, então, grande parte de situações que porventura tenham me irritado ao longo da vida, tenham caído no esquecimento. Daí ficar sempre intrigada quando alguém me confidencia que há 30 anos, por exemplo, tem raiva de fulano por uma bobagem qualquer. Sim, porque talvez, à época, até tenha sido relevante, mas que certamente perdeu a força e a importância com o passar do tempo.

Hoje, depois de quase um ano e fazendo uma análise das alterações feitas, fico feliz e em paz ao perceber que não há `oba oba´ em cima deste blog, não tendo assim taaaantos seguidores, visitantes e comentaristas; há sim, uma boa pitada do bom senso que neutraliza estrelismos; caminhando lado a lado, conhecendo-nos melhor e nos fortalecendo; formando uma família sem limites de crescimento; uma família sem ares de panelinha fechada. É certo que aqui são apenas seis os “pensadores” que formam o elenco das postagens. Mas incontáveis e de várias praias os que por aqui surfam. Porque não há muros, fronteiras, demarcações.

Ao sabor de um café com leite, `é só chegar´, como se diz popularmente.

E, como diria meu avô, `puxar um dedinho de prosa´.  Sem grandes pretensões...



Disse Jesus:

“Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros”.

(João 13.35)

26 comentários:

  1. Rê,

    Além de fazer um belo esboço de um auto-retrato, você fez uma ótima avaliação do que seja este blog. Falo como um caroneiro que aceitou a carona, exatamente por ver nas pessoas que fizeram o blog acontecer, isso que você relatou em seu texto: uma cumplicidade familiar, sem fechar as portas de entrada, nem de saída. Não há fronteiras, que são características de possessividade!

    Pra mim, é uma honra estar por aqui!!!

    ResponderExcluir
  2. Rê, posso dizer que sou exatamente igual a você, sangüíneo, também nasci "lobotomizado" para o mau que recebi. Igualmente detesto o título "crente" e também não tomo café com leite kkkk. E também me senti como você ao ser convidado a integrar o grupo dos irmãos bem humorados deste blog. A diferença entre você e eu, é que sou meio mal-humorado, não sou de brincar muito, com raras exceções. Confesso que o tempo foi me transformando e que há alguns anos eu era bem mais histrião que hoje kkkk.
    Gostei da sua sinceridade, obrigado por compartilhar. A todos um abraço nos homens e beijos nas moças. A paz e a graça de Jesus.

    ResponderExcluir
  3. Ah entendi, tá ruim mas tá bom!!

    Gente, o tempo realmente cumpri sua função de descortinar a nós aquilo que é valioso, que as vezes chega como incomodo e não condordância.

    beijocas

    ResponderExcluir
  4. René,

    Sem fechar as portas de entrada nem de saída! Arremate perfeito!

    Cláudio,

    Se vc é mal-humorado e é essa bondade e paciência em pessoa, imagino se não fosse! E valeu pelo "moça" rss

    Dri,

    Não tem nada ruim, tá tudo bem.

    Quanto ao tempo, vc também disse com categoria sobre esse lance de algo benéfico vir, a princípio, como incômodo.

    Ósculos santos a todos :)

    ResponderExcluir
  5. gosto muito de café com leite quente...

    e como sou bem humorado, adoro as postagens despretensiosas, leves, engraçadas, mas nem por isso burras que eu vejo por aqui.

    a confraria da qual faço parte, somos em 12 (apóstolos do mau...kkkkkkkk)e por lá tá faltando um pouco de postagens mais desprentensiosas e humoradas como aqui.

    psicanálise, teologia, ateísmo, ciência...chega uma hora que estafa!!!

    vocês estão na medida certa. pode até ficar um pouco mais "sério" ou "devocional" mas o bom humor já é a cara do cafécomleitecrente.

    abraços a todos

    ResponderExcluir
  6. Quando pintou o convite, meio que de supetão por um comentário do Little John (óbvio, oras) confesso que fiquei no susto... quando a Rê esteve 'em off' uns dias, pensei: Putz, acho que ela não curtiu... relaxa cara, finge que não leu a parada... (uhauhauhauh)

    Então veio a Rê, toda animadinha (o cultivador de hortaliças prediais diria 'serelepe e pimpona', mas deixa quieto) ratificando o convite.

    Em princípio deu um medo, e viajei (literalmente) pra pensar em muitas coisas, uma delas foi esta.
    Quando percebi que nesse passeio embora cercado por natureza bela e gente boa, senti falta dos irmãos virtuais (que têrmo mais assim assim, hein?) pensei com emu único botão da bermuda... 'cara, porque não'?

    Então o 'atrasildo' do Wendel sentiu-se infinitamente mais feliz em fazer parte da subversão mais legal dos últimos tempos... Devo dizer, que tem muita gente se sentindo veeeeeeerde de inveja porque roxo já é uma cor muito usada, ok?) e me sinto imensamente honrado em etar aqui.

    Bom ter vocês como amigos, bom ler vocês e rir com cada assunto e particularidade. Bom sentir-me ranzinza como o Cláudio, exigente com o café (que também curto com um 'pinguim' de leite gelado) igual a Rê, onisciente como o René (putz... sacanagem), doido e passional como o JC, e perspicaz como a Drí...

    Aprendi com vocês a ser menos 'eu' e ser amis vocês!

    Amo ocês tudo!
    Beijos em todos!

    ResponderExcluir
  7. Não tinha dia melhor do que hoje para eu entrar no Café...

    Everybody, eu chorei e ri com tudo o que eu li!

    Eu sempre fui o cara que ligava pra todos os amigos que a muito tempo não se reuniam e falava: "Ae, vamos fazer um churrasco na casa do fulano ou um 'queijo e vinho' na casa do cicrano?(abusado pra cacete!!!!!!)

    Sabe o que acontecia? Todo mundo adorava!! Um chegava com carne, outro com breja, mais outro com vinho e sobremesa, um banquete!!!!

    Aqui eu fiz a mesma coisa. Senti a direção de Deus e mandei ferro em todo mundo, sem me preocupar com o que VOCÊS iriam pensar... eu sabia o que estava fazendo!!!!

    Nós temos afinidades DEMAIS para não termos um lugar comum, ainda que virtual, para podermos tirar a máscara e dar muita risada juntos.

    Quanto ao nome do blog, foi idéia da Dri. Eu só lancei o "crente" para tirar um barato, fazer um trocadilho com o nome. Pessoalmente acho muito legal.

    Outra coisa...

    EDUARDO, SEU CACHORRO PULGUENTO, fiquei triste por você parar de seguir meu blog mas adorei o que você falou sobre este blog comunitário.

    Se você está se sentindo carente (sem ironia), quer fazer parte desta tropa de elite? Você já se ligou no espírito da coisa: Aqui só falamos de Deus pelo lado divertido de Sua Pessoa (por mais que muitos não percebam isso) e creio que você tem uma pimentinha enraizada em algum lugar de seu corpo que não consigo visualizar e que só viria a acrescentar.

    Se quiser, tem que fazer o JURAMENTO comum de que o assunto teologia fica de fora caso isso implique em polarização, desagregação (e o convite é pessoal e intransferível...)

    Te amo e quero você do meu ladinho no lugar para onde eu vou!!!!

    Finalizando: Wendel, vai cagá, antes que eu me esqueça! O coentro e o outro mato que eu esqueci o nome (ah, alfavaca) estão firmes e fortes!!!

    Quanto ao resto do presbitério, deixo uma palavra profética: "A UNIÃO FAZ AÇÚCAR!!!!"

    ResponderExcluir
  8. Ah bispita, esqueci de falar: Também prefiro o "pretinho básico", sem mistura, mas aqui eu (nós?) exerço mais o meu lado "igreja" do quê no templo sabia?

    Nossa comunhão é natural, ainda que "induzida"... rsrs

    ResponderExcluir
  9. Queridíssimo ILE, uma "última" pergunta, baseada no que escreveste (e não vêm com a história de que seu teclado foi amaldiçoado pela praga-gospel lançada pela bispa):

    "...pensei com EMU..."

    Não me diga que tú usas aquele topetinho básico dos EMOS e põe a foto do seu titio no blog só para parecer mais "hômi"...

    ResponderExcluir
  10. Eita, que nosso nutricionista takitá... :)

    ResponderExcluir
  11. E né purnadanão mas esse "te amo e quero você do meu ladinho" foi algo assim meio rosa chiclete rss

    ResponderExcluir
  12. Edu,

    Você é um cara inteligente, só é teimoso rss E não digo isso pelo elogio mas pela sacada. Afinal, nada como um café com leite bem dosado.

    Até porque, bora combinar: café puro estressa e dá insônia.

    Sentaí... (nada a ver com a música do Fábio Jr he he)

    R.

    ResponderExcluir
  13. ILE W.

    Taí...

    Você dessa vez errou feio, pois eu amei a ideia do J.C. Acatei na hora! Fiquei super feliz por saber que, com esse trio, euzinha iria me enriquecer mais ainda sem `sair de casa´ rss

    Serelepe e pimpona é ótimo :)

    Mas sabe...

    Vc tocou num ponto aparentemente sem importância, mas é sempre bom a gente esclarecer, ainda que "em off" quando surgem dúvidas assim. Porque, não raro, acontece de um mal entendido perdurar por causa de um detalhezinho sem importância que ficou no ar, não achas?

    Digo isso, porque, por mais que se discorde de algo que se diga, na verdade nós não temos nada contra alguém pessoalmente. Pelo contrário, o amor que nos une, é beeeeeem maior que qualquer rusguinha tola que porventura possa surgir.

    No amor de Cristo que nos uniu!

    R.

    ResponderExcluir
  14. Pessoal,

    Baseados nisso que a bispa acabou de dizer, creio que cada um de nós deveria colocar aqui sua opinião sobre o convite que o Pastô lançou pro Edu!

    Minha vez: concordo plenamente com o Pastô e dou as boas vindas ao Edu, caso os outros também concordem. Mas tem um detalhe: o título dele não pode ser esse que o Pastô usou (cachorro pulguento), portanto, já vão pensando em outro, valeu?

    Edu, você disse "psicanálise, teologia, ateísmo, ciência...chega uma hora que estafa!!!". Concordo com você e lhe digo porque acho que estafa: tudo isso é idéia de homem que tende a conduzir nossos passos. Talvez, até, cheguemos às mesmas conclusões de alguns deles, mas isto deve acontecer por nossa própria busca em acertar o caminho, não por imposição (ainda que camuflada) de alguém. Alguém nos deu liberdade e muita gente tenta roubá-la!

    Entendo que esse princípio de liberdade é o que rege a conduta neste blog, com aquela máxima de que a nossa liberdade vai até onde começa a do outro. Complicado, mas é simples!!! rsssss

    Mais uma vez, seja bem vindo!!!

    Abraços a todos!!! (sem línguas estranhas, hoje, em respeito aos que chegam)

    ResponderExcluir
  15. Edu, seja bem vindo! Pode começar postando algo que eu na minha insignificância entenda meu irmão? kkkk. Abração.

    ResponderExcluir
  16. Bem, a exemplo do apóstolo René (Tem quem o chame de Sumo-Sacerdote, mazenfim...) devo dizer o que todos já estão carecas de saber (nada pessoal, João) e que, coincidentemente, tem a ver com as próprias palavras do Edu, já aqui reprisadas pelo Sumo:

    "Psicanálise, teologia, ateísmo, ciência...chega uma hora que estafa".

    No mais, sempre o amei, pois Deus, pela Sua misericórdia, pôs no meu coração de maneira muito forte, o repúdio aos atos e palavras da pessoa e não exatamente à pessoa.

    Aliás, como já falei antes, no meu cotidiano, alguém até pode me irritar, ferir meu ego rss, me provocar, mas intimamente, jamais vou nutrir algum sentimento mesquinho contra ela, entende? E isso é Deus que faz em mim, não sou eu. E sei que em cada um de vcs também.

    Sei que falando assim muitos têm me julgado ingênua e sonhadora demais, tanto no mundo virtual, como aqui fora, mas `tô ligada´e repito sempre que ser pacífico não é sinônimo de ser passivo.

    Enfim,

    Meu apelo é, foi e será sempre para que sejamos LEVES.

    Abraços sem línguas rsss

    Rê.

    ResponderExcluir
  17. Só pra não esquecer, desde a primeira vez que vi o nome "café com leite crente" achei sensacional!

    ResponderExcluir
  18. Vamos lá:

    Dudu, eu tô de olho em você!

    Desde o nosso "flerte" no Recortes do Eder, ficou bem claro para nós dois que a convergência pode ser estreita mas o respeito é largo.

    Na época crescia em mim uma revolução, eu me rebelei contra a rebeldia. Relendo minha entrevista percebo que você me ajudou sem perceber, vc foi usado por Deus kkkkkk chupa essa manga!

    Eu disse ao presbitério que não te convidaria (minha opinião) mesmo gostando de você. Agora, quem disse que a minha opinião é cristal? sei que o que não é pode vir a ser, engulo de boa as palavras ditas.

    Antes do Café com leite Crente, nós dois já conversamos a respeito de assuntos especificos e tenho a doce ilusão que te conheço.É ilusão e ainda é doce.

    Continuo admirando seu amor pela vida.

    Estou pronta, pode vir, seja bem vindo.

    Hoje dedico menos tempo ainda para a filosofia, ortopraxias e elucubrações mentais sobre o ser e estar no mundo, acho que tenho pouquissimo a acrescentar ao nosso convivio, contudo estou aberta para nossa amizade.

    Gosto de você.

    é assim que é, simples como flor.


    Adriana Chalela Curdoglo

    ResponderExcluir
  19. Ah, preciso dizer.

    Jão pastô de verdade,

    eu vou assinando em baixo, rubricando as 3 vias e reconhecendo firma, sem medo de nada.



    Macacada,

    Tenho profunda admiração por todos vocês, leio o que de vocês flui como Palavras de vida eterna e leio os desabafos pessoais.Tudo me encanta e muito me transforma.

    Sou agraciada por esta oportunidade valiosa.

    Eu não sei escolher mas Ele sabe.

    Abraço de irmão que ama pra valer para

    o PastÔ Jão, Renê, Wendel, Bispa Rê, Claudião e Dudu

    ResponderExcluir
  20. vaaaaalamimeujesuscristim num é qui o ômi se assustou, nem tomou o café direito e se mandou ih ih

    ResponderExcluir
  21. Deve ter engasgado com a entrada!!! (Entrada = motivadores de apetite servidos antes da refeição principal)

    ResponderExcluir
  22. Engraçado...

    Sabe que eu pensei igualzinhOW!!! Caraca, que sintonia é essa, heim? putz!!!

    Esses biscoitinhos da sorte - os MASARP´s (com sua peculiar overdose de amor) são assim mesmo, causam certa estranheza...

    ResponderExcluir
  23. Bota 'putz' nisso!!! Êita trem bão, essa sintonia, sô!!!

    Mas vou ter que pedir ajuda aos universitários: MASARP's?????

    ResponderExcluir
  24. Ué, foi o senhor quem inventou a entrada, euzinha só usei a sigla.

    MASARP´s = motivadores de apetite servidos antes da refeição principal.

    :P

    ResponderExcluir
  25. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Eu não ia adivinhar isso, nem que uma vaca saísse voando e tossindo!!!! kkkkkkk

    Se ainda não fosse bispa, teria que ser promovida imediatamente!!!! rssssssssssss

    ResponderExcluir
  26. Meu filho, abobrinha é comigo, tá?

    ResponderExcluir